Inscreva-se aqui
VAGAS LIMITADAS

Valores

Contribuição do Lote 2 (até 01/03/2019)
As vagas são limitadas, o espaço é pequeno e contamos com a sua verdade na escolha da inscrição.

Alunos atualmente matriculados na UFPR - R$160,00

Alunos de GRADUAÇÃO de outras entidades - R$190,00

Profissionais formados - R$210,00

(Todas as modalidades podem ser parceladas na tela de pagamento)

INSCREVA-SE

Lista de Espera

Obrigado pelo interesse no evento. Infelizmente as inscrições já esgotaram, mas não perca a esperança. Coloque seu nome na lista de espera e, em caso de alguma desistência, você será convidado a fazer sua inscrição.

Obrigado, sua mensagem foi enviada com sucesso.
Em breve entraremos em contato.
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Dúvidas Frequentes

O que são Cuidados Paliativos?

A Organização Mundial de Saúde definiu os Cuidados Paliativos como as abordagens de equipes de saúde multiprofissionais que melhoram a qualidade de vida dos pacientes e familiares - adultos e crianças - que enfrentam problemas associados com doenças potencialmente fatais e atuam através da prevenção e alívio do sofrimento por meio de identificação precoce, avaliação e tratamento impecável da dor e outros problemas psicossociais e espirituais.

Com esta definição podemos compreender que Cuidados Paliativos são diversas técnicas e não apenas uma atitude de um profissional isolado.

São exemplos de ações dos cuidados paliativos o cuidado da dor com a recomendação de analgésicos, acolhimento do sofrimento emocional, aproximação e inclusão da família nos cuidados, busca dos valores dos pacientes, entre tantas outras possibilidades.

Fontes:
World Health Organization – Palliative Care Definition -
https://www.who.int/cancer/palliative/definition/en/
Fact sheets – Palliative Care -
https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/palliative-care

Quem são dos profissionais que trabalham com Cuidados Paliativos?

Por definição, a equipe mínima de profissionais envolvida nos Cuidados Paliativos são o médico, enfermeiro e serviço social.

Mas, geralmente, a equipe precisa ser ampliada com a inclusão de psicólogo, nutricionista, fisioterapeuta, fonoaudiologia, capelão, terapia ocupacional e tantos outros que podem ser necessários para a melhor assistência.

Cada profissional traz o conhecimento da sua área para melhorar a oferta de cuidados ao paciente e a família. Eles precisam trabalhar juntos, fazer reuniões e estabelecer metas para o cuidado. 

Assim, o médico faz diagnósticos, interpreta exames, prescreve medicações com o objetivo de melhora e conforto e retira as medicações que não trazem mais benefícios. O enfermeiro cuida diretamente do paciente, aplica medicações e orienta os cuidados. O serviço social cuida de questões relacionadas a aposentadoria e outros benefícios ofertados, questões e necessidades da família, além de insumos para que o paciente permaneça, quando é possível, em casa (como fraldas, soro, medicações, curativos, etc). O fisioterapeuta e o terapeuta ocupacional reorientam as atividades, trabalha com manobras físicas e o movimento. O psicólogo cuida do sofrimento emocional tanto do paciente e da família, o capelão apoia as questões da espiritualidade e da religião.

Fonte: Carvalho RT, Parsons HA. Manual de Cuidados Paliativos da Academia Nacional de Cuidados Paliativos. 2012.

Você sabia que...

• No mundo todo, apenas 14% das pessoas que precisam de Cuidados Paliativos conseguem recebê-lo

40 milhões de pessoas precisam de Cuidados Paliativos a cada ano

78% destas pessoas vivem em países de baixa e média renda

• A falta de treinamento dos profissionais de saúde sobre os Cuidados Paliativos é uma grande barreira para melhorar o acesso

• A necessidade global de Cuidados Paliativos continuará a crescer como resultado de doenças não transmissíveis e do envelhecimento da população

• Os Cuidados Paliativos iniciados desde o diagnóstico, associado aos tratamentos que buscam a cura, reduzem visitas desnecessárias ao serviço de saúde e internações


Fonte: 
Fact sheets – Palliative Care
https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/palliative-care

Cadastre-se e fique por dentro das novidades.

Obrigado! Em breve você receberá mais informações em seu email.
Oops! Something went wrong while submitting the form.

Organização

Úrsula Bueno do Prado Guirro
CRM-PR 25634
Médica Anestesiologista (RQE 513)

Atuação
• Professora adjunta na Universidade Federal do Paraná (UFPR)
- Atua no Curso de Medicina nas disciplinas de Cuidados Paliativos e Bioética
- Pesquisadora na área de Cuidados Paliativos e Bioética
• Conselheira no Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) - gestão 2018-23
• Câmara Técnica de Cuidados Paliativos do CRM-PR - desde 2019
• Presidente Regional Sul da Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP) - gestão 2019-20

Formação
• Pós-doutorando em Bioética na Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUC-PR
• Pós-graduação em Cuidados Paliativos - Instituto Paliar
• Pós-graduação em Dor pela Universidade de São Paulo - USP
• Mestrado e Doutorado em Medicina na UFPR
• Residência Médica em Anestesiologia na Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP
• Graduação em Medicina na Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF